Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chichas

Porcarias que encontro por aí

Porcarias que encontro por aí

Chichas

12
Set08

Baixa do Porto

Pedro Chichorro

A cidade do Porto, apesar de tudo, está a evoluír. Algumas coisas ainda estão no terceiro mundo (tirem as cadeias de fast food da merda dos shoppings, já que vou comer porcaria que o faça num sítio que não o seja) É natural que algumas dores se sintam. A lei do tabaco veio trazer fumadores e não fumadores para as ruas e as pessoas... gostaram. No início do ano alguns cafés e bares meteram uma mesinha cá fora com um guarda-sol e um cinzeiro para os fumadores. Aconteceu tudo ao contrário: veio toda a gente cá para fora e ficou o não fumador lá dentro a tomar conta dos casacos. Sim, no inverno já acontecia.
Antes a baixa estava deserta e era perigosa, agora tem gente e é ruidosa. Claro que há sempre alguém que se queixa. Por mim,  crime por crime, opto pelo ruído.

 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
30
Mar08

Bailebúrdia

Pedro Chichorro

Que uns vão para as discotecas/armazém da zona industrial, todos sabemos; que outros vão beber e fumar para os Leões, está à vista. Os mais trintões e quarentões vão para festas 80's ou festas pimbas, tudo normal. Mas ontem descobri estes, que são de várias idades e que cada vez são mais nestas noites do Contagiarte. Pelo que percebo, está-se a tornar um verdadeiro fenómeno de sucesso na noite do Porto:

 

 

Actualização: Peço desculpa a algumas pessoas que não vou enumerar agora mas chovem-me emails e telefonemas a alertar que estas festas são famosas há muitos anos e eu é que andava distraído. E quem diz traído diz cornudo.

 



c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
10
Dez07

Insegurança na cidade

Pedro Chichorro

Luis Filipe Menezes diz que as populações estão alarmadas, os idosos têm medo de sair de casa, os pais tem receio de deixar os filhos irem para a escola. Isto devido ao sentimento de insegurança generalizado que se abateu sobre a sociedade perante as mortes dos seguranças de alguns sítios nocturnos do porto.

A opinião generalizada que ouço por aí é «eles que se matem todos e rápido». Não me parece que as pessoas estejam com medo de se sentar num restaurante com as costas viradas para a porta, e com ou sem árvore, cada vez mais pessoas escolhem a baixa para passear. Só faltam os moradores.

 

Em baixo: Portuenses em pânico na Rua de Santa Catarina num final de tarde de Domingo,  25 de Novembro de 2007



 

 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D