Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chichas

Porcarias que encontro por aí

Porcarias que encontro por aí

Chichas

30
Out08

Acordei mal dispostinho

Pedro Chichorro

 Como todos sabemos, hoje em dia, qualquer bicho careta tem um blog. Até eu tenho um blog! E não digo isto honestamente, digo apenas para antecipar a boquinha jocosa na subcave.

A subcave é a zona dos comentários, um blog sem comentários é como um prédio sem elevadores e sem a zona das garagens e arrecadações. É habitável mas não tem a parte onde os moradores interagem uns com os outros

Os blogs, filhos da chamada web 2.0, têm uma característica principal desta: a via de dois sentidos.

Há poucas coisas, neste mundo, que mexem comigo. Porque sou um ser apático e disforme e não me irrito facilmente como o Saramago quando está em território português. Mas ler barbaridades num blog e não poder responder Saramaga-me a alma.
É inclassificável alguém vir para a "blogosfera", para o meio de honestos e corajosos blogueiros e não aceitar as regras. Não são regras judiciais, é respeito.
Não é proibido atirar garrafas para dentro de um vidrão a meio da noite e não quer dizer que se deva fazê-lo.

 

 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
15
Set08

Dica da semana aos blogueiros

Pedro Chichorro

 Estou fascinado com o Woopra. É uma aplicação que, mediante um pedacinho de código no site, nos mostra em tempo real as estatísticas. Em tempo real MESMO, que há bocado estive a ver um utilizador a saltitar de post em post aqui no Chichas e até deu para perceber, pelo tempo que demorava em cada um, quais os seus preferidos.
Registem-se no site e terão que esperar um disparate de tempo. Eu esperei perto de um mês para me activarem a conta. Mas vale bem a pena a espera.



 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
29
Jul08

As verdadeiras notícias do mundo

Pedro Chichorro

Farto de canais convencionais de notícias na TV? O Global Report da Instablogs é um portal agregador de notícias dadas por autores de blogs de todo o mundo.
A nível de produção pode ter ainda muitas falhas, mas os responsáveis pelo site garantem que estão a trabalhar árduamente nelas.
O conceito baseia-se em, todos os dias,  juntar cinco ou seis histórias de diferentes jornalistas cidadãos de diversas regiões, culturas, nacionalidades e dialectos que trabalham em equipa para produzir este trabalho.
Os responsáveis acreditam que isto poderá aproximar as pessoas, resolvendo com mais facilidade alguns grandes problemas do mundo.
Podemos ver a última edição aqui.


 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
03
Jun08

Público do Público

Pedro Chichorro

Realmente o Arcebispo tem razão, agora os Blogs estão cheios de links para o Público última hora para receberem mais visitas de lá.

Têm mais visitas, tem menos interesse, falam todos do mesmo de forma mais ou menos atabalhoada em posts com uma vida útil de poucas horas ou dias.

Para quê? É como alguém querer ser primeiro ministro. Ainda se fosse para bem do país, aceitava. Mas por dinheiro? Por poder? Por uma vida melhor não é de certeza.

Bem, se clicarem nos anúncios do Google já se compreende. Já agora faça o favor de ver se tem algum do seu interesse ali na barra da esquerda. Não me esmague é o sr. Fernandes, o formigo esquizofrénico.
 


 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
06
Mai08

Blogs em directo ou diferido

Pedro Chichorro

Quem, como eu, lê uma batelada de blogs (uma batelada é uma medida grande mas ainda assim humanamente plausível, Jonas), tem obrigatoriamente que recorrer a um leitor RSS para não perder horas a carregar https, barras, componentes e depois nem sequer estarem actualizados.
Uma coisa que tem piada dependendo do ponto de vista de quem escreve ou de quem lê é a velocidade com que os agregadores absorvem (ou os servidores pingam) o feed e... ai que já foi, ai que já está e esqueci-me de corrigir erros.
Resultado, ou fica disponível para ler a primeira versão do texto: a versão arrependida, ou ficam duas: a arrependida e a corrigida. Isto no Google Reader, que é o que eu uso.

Quando me acontece acho um piadão (not) e quando acontece a outros, que eu só topo quando me aparecem duas versões do mesmo texto, gosto de jogar às diferenças.
Acho piada ver as picuinhices, os pormenores, as mudanças subtis ou não. Nalguns casos  fica-se a perceber melhor com que estado de espírito determinado blogador faz o seu serviço. Que tipo de pormenores ele repara que o fazem voltar de marcha atrás e corrigir o pentelho.

Quando o erro é muito grosseiro, opto por assumi-lo e recorrer ao strike seguido da correcção. Aconteceu duas vezes com os malditos tráz e trás. Quando é gralha infeliz e inodora, mudo disfarçadamente sabendo que só quem vai realmente ao blog lerá a versão corrigida.
E porque abordo esta temática tão interessante e tão Jonística aqui? Sei lá! Deslarguem-me! Não me apetece postar vídeos agora.

 

 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D