Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chichas

Porcarias que encontro por aí

Porcarias que encontro por aí

Chichas

03
Out08

Vamos rir?

Pedro Chichorro

 Já que os brasileiros usam os portugueses para aquelas piadas internacionais que nós, portugueses usamos contra nós mesmos, vou aqui contar um episódio verdadeiro que acabei de inventar:

Numa obra de um prédio alto trabalhavam três trabalhadores amigos, um do Porto, um de Beja e um brasileiro. Todos os dias sentavam-se nos andaimes no 20º andar e ali almoçavam juntos.
O homem do Porto abriu a marmita e ao ver outra vez tripas queixou-se: "Se amanhã almoço outra vez tripas atiro-me daqui e mato-me!"
O alentejano abre a marmita e vê açorda: "Se amanhã encontro açorda aqui outra vez mato-me!"
O brasileiro abre o almoço e encontra arroz com feijão: "Cara! Se amanhã almoço arroz com feijão de novo eu pulo e me mato!"

No dia seguinte o Portuense tinha tripas para o almoço, atirou-se do andaime e morreu.
O alentejano tinha açorda e saltou, esborranchando-se.
O brasileiro tinha arroz com feijão e suicidou-se também.

No funeral dos 3 amigos as viúvas choravam, dizia a viúva do Porto: "Aiiiii se eu sabia que o meu homem estava enjoado de tripas tinha feito outras coisas!".
A alentejana também se queixava: "Eu não imaginava que ele estava farto de açorda! Ele nunca se queixou!".
O silêncio instalou-se durante uns segundos com olhares em direcção à viúva brasileira, que de repente grita: "Olha para mim não! Era ele mesmo quem preparava o almoço!"

Ahahahaha!!! cof... cof... ahahahahaha!!! cof!
Lembram-se daquele anúncio a fraldas para adultos que dizia: "Às vezes quando me rio ou faço um esforço sai-me uma pinguinha"?
Já me aconteceu estar com o nariz entupido e fazer uma bola tipo chiclet no nariz. Mas é raríssimo acontecer e tenho pena. É uma espécie de festa surpresa, de alegria instantânea com direito a palminhas. Mas muito efémera. Logo a seguir todas as amarguras da vida voltam a abater-se sobre mim.

Eu não preciso de ir aos concursos da TV para contar estas verdades em público. Pena que não ganhe dinheiro por escrever sobre bolas de ranho.


 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d
09
Jul08

As lições do Donaltim

Pedro Chichorro

Hoje o Sr. José Freixo (curiosamente a câmara focava um pato enquanto ele falava) contou uma anedota no programa da Fátima Lopes.
Eram dois indivíduos, um que tinha um curso superior e o outro não. O cursado perguntava ao outro quem eram figuras histórias e o outro não sabia.
Dizia o primeiro que o outro devia ser mais culto, ficava-lhe mal não saber quem era o Camões ou a mãe do D. Afonso Henriques ao que o outro perguntou se ele sabia quem é o António Dias Carvalho.
- Não sei.
- É o tipo que dorme em tua casa enquanto estás nos cursos.

Fátima admitiu que desta vez teve piada. Tão boazinha a defender que a cultura e a educação não servem de nada . Quando é que a Gregos, Irlandeses, Eslovenos ou os Eslovacos descobrem isto? Deviamos exportar a Fátima e os seus ensinamentos e o Fernando Mendes com os seus créditos milagrosos.
(5m20s)


 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D