Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chichas

Porcarias que encontro por aí

Porcarias que encontro por aí

Chichas

11
Abr08

YouTube

Pedro Chichorro

Algumas ausências sentem-se muito, outras nada.
A ausência de dor não se sente, nem a ausência de doença. Só quando nos dói algo ou estamos doentes é que sentimos que aquilo está a mais.
Sentimos falta das coisas boas, sentimos falta da ausência das coisas más.  Não sentimos falta de alguém que não gostamos ou que não conhecemos.

Ora feita esta introdução, explico porque me deu para aqui: acho que só percebemos a importância que alguma coisa tem na nossa vida quando sentimos falta dela. Pode parecer óbvio mas às vezes acontece com coisas que não tínhamos reparado.
Já sentimos falta da electricidade para ligar a TV ou de gás quando queremos água quente, algo que usamos sem notar. Falta de açúcar quando fazemos um café. Falta de sol. Falta da carteira quando metemos a mão ao bolso. Falta de YouTube quando não está a funcio ... espera aí! Falta de YouTube ?

Uso as internetes antes de haverem MP3 quanto mais vídeos e de repente percebo que grande parte das minhas surfadas são feitas dentro da baía dos vídeos. Já tirei a núvem de tags da barra aqui ao lado mas quando existia, a palavra vídeo estava destacadíssima. Nunca tinha percebido que estava tão grande na minha núvem pessoal.

Hoje o Youtube está de muito mau humor mesmo no dia em que descobri uma colecção interessante dos supostos 50 melhores sketches humorísticos de sempre.



PS: Credo, tinha acabado de publicar isto e dois minutos depois vejo que o Macaco escreveu quase sobre o mesmo assunto quase ao mesmo tempo.

 

 

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Favoritos

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D