Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chichas

Porcarias que encontro por aí

Porcarias que encontro por aí

Chichas

22
Nov07

Não há meios termos

Pedro Chichorro
 

Este é um assunto batido e discutido desde que Eva foi meio trapalhona, mas hoje para variar está-me a apetecer escrever em vez de simplesmente espelhar e espalhar caca cibernética.

Já conheceram aquele dono de restaurante meio desonesto? Acho que só neste país se diz que fulano é meio desonesto, meio ladrão ou meio vigarista. Não aceito, é como se existisse alguém meio assassino.

Quando alguém engana outro não é meio mentiroso porque não há meias mentiras, pode-se sim intercalar algumas verdades, o que torna essas mentiras mais credíveis e logo, mais dissimuladas e mais enganadoras. São maldosas porque são cozinhadas e muito conscientes do alvo. Uma meia mentira é mais mentirosa que as outras, ou pelo menos tem mais potencial.

Meio infiel. Meio infiel produz o quê, um unicórnio? Isso é mitologia.

Já me falaram de uma cantora que era meio desafinada! «Estava lá quase mas desafinou um bocadinho». Desafinou e ponto final! É como uma vela meio acesa. Não tenho nem meio saco para essas coisas.

«Olha que aquele gajo é meio gay» - Porquê?  Dá meio pacote? Ou é meio bissexual? É como um futebolista marcar meio golo ou alguém morrer meio afogado.

Em certos assuntos não há part-times ou avenças. Não há berbicachos nem se passam recibos verdes.

Já agora, não creio que exista alguém meio apaixonado, um sentimento desses ou se vive ou não. Mas isso é um assunto ainda mais complexo que os meios bissexuais.

 

Os exemplos são infinitos, mas aposto que o mais famoso em Portugal é o meio atrasado. Quem é que nunca ouviu alguém dizer: «É pá, apanhei trânsito por causa das obras e estou meio atrasado» ...se fosse meter o meio atrasado no meio d§'@#%61/%/>NO CARRIER

c2bc7f3f315d4d25b4fd9ddbb5a8454d

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D