Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008
Baixa do Porto

A cidade do Porto, apesar de tudo, está a evoluír. Algumas coisas ainda estão no terceiro mundo (tirem as cadeias de fast food da merda dos shoppings, já que vou comer porcaria que o faça num sítio que não o seja) É natural que algumas dores se sintam. A lei do tabaco veio trazer fumadores e não fumadores para as ruas e as pessoas... gostaram. No início do ano alguns cafés e bares meteram uma mesinha cá fora com um guarda-sol e um cinzeiro para os fumadores. Aconteceu tudo ao contrário: veio toda a gente cá para fora e ficou o não fumador lá dentro a tomar conta dos casacos. Sim, no inverno já acontecia.
Antes a baixa estava deserta e era perigosa, agora tem gente e é ruidosa. Claro que há sempre alguém que se queixa. Por mim,  crime por crime, opto pelo ruído.

 




Sábado, 19 de Julho de 2008
Censura Desnecessária

Num breve momento de pouca temperatura, aproveito para postar um bocadinho de Censura Desnecessária. Especial Rua Sésamo. Só não me posso rir muito porque me dói e assim.

 


PS: Ontem enquanto vinha do médico passei num supermercado para comprar algo que me alimentasse e me fizesse um pouco menos infeliz.
Cajus com piri-piri quando se tem a garganta inflamada foi a escolha acertada.

 



por Pedro Chichorro às 07:13
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 30 de Junho de 2008
A um dia bem passado



Em cima a sardinhada de aniversário da Casa do Livro no jardim da Cordoaria. O calor era quase insuportável e a noite anteiror tinha sido pesada. Arrastei-me de um lado para o outro a giboiar sem forças nem para falar.

Depois de uma passagem por casa para desensardinhar, mais uma morcela e umas litradas de cerveja antes de ir para:



Rua Galeria de Paris.
Sábado à noite esteve assim cá fora. Lá dentro bombavam os Funkalicious e o ar condicionado.
Depois não conto mais nada. Mas este fim de semana vai para memória ROM.
Quinta feira estou lá eu a dar música. Ide lá tomar um copo.

 



por Pedro Chichorro às 19:03
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007
Insegurança na cidade

Luis Filipe Menezes diz que as populações estão alarmadas, os idosos têm medo de sair de casa, os pais tem receio de deixar os filhos irem para a escola. Isto devido ao sentimento de insegurança generalizado que se abateu sobre a sociedade perante as mortes dos seguranças de alguns sítios nocturnos do porto.

A opinião generalizada que ouço por aí é «eles que se matem todos e rápido». Não me parece que as pessoas estejam com medo de se sentar num restaurante com as costas viradas para a porta, e com ou sem árvore, cada vez mais pessoas escolhem a baixa para passear. Só faltam os moradores.

 

Em baixo: Portuenses em pânico na Rua de Santa Catarina num final de tarde de Domingo,  25 de Novembro de 2007



 

 










.posts recentes

. Baixa do Porto

. Censura Desnecessária

. A um dia bem passado

. Insegurança na cidade





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button