Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008
Ainda os comentários

 Se alguns blogs permitissem comentários, o pessoal chegava lá e explicava que a Wikipedia não tem funcionários a inserir dados. É a comunidade internetiana que o faz, reflectindo assim aquilo que a Internet é e esperamos que continue a ser: uma miscelânea de coisas boas e más, certas e erradas. Recantos obscuros e feios e outros brilhantes e inspiradores. No fundo, aquilo que a humanidade é e vai continuar a ser.
 Mas não se pode comentar.
Agora para compôr o ramalhete só falta apagar o post, ou corrigi-lo como se nada tivesse acontecido.

Vá, um forte abraço.




Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008
Dica da semana aos blogueiros

 Estou fascinado com o Woopra. É uma aplicação que, mediante um pedacinho de código no site, nos mostra em tempo real as estatísticas. Em tempo real MESMO, que há bocado estive a ver um utilizador a saltitar de post em post aqui no Chichas e até deu para perceber, pelo tempo que demorava em cada um, quais os seus preferidos.
Registem-se no site e terão que esperar um disparate de tempo. Eu esperei perto de um mês para me activarem a conta. Mas vale bem a pena a espera.



 



por Pedro Chichorro às 23:01
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Domingo, 8 de Junho de 2008
I kiss you

A história da Internet também se faz destas coisas. No ido e longínquo ano de 1999, usava-se o Netscape, o Eudora para ler mail e o Yahoo era rei das pesquisas.

Antes dos blogs havia as páginas pessoais, mexia-se em linguagem html, escolhia-se um fundo bonito, uma sequencia midi para som de fundo, umas animações giras e umas fotos compunham as páginas.

Foi nesse mesmo ano que alguém se tornou famoso do dia para a noite através da sua página pessoal, Mahir era um cidadão turco que, graças à sua forma peculiar de se apresentar na aldeia virtual global, se viu famoso nos quatro cantos do ciberespaço. Num instante foi convidado a passear por todo o mundo e fez milhões de amigos. Foi um Zé Maria planetário.Depois dele muitos se seguiram mas sem o mesmo impacto.

Visto agora à distância de quase 10 anos percebemos que a personagem Borat tem uma grande percentagem de Mahir. A página original de Mahir está conservada aqui para que ainda hoje a possamos recordar.


 

 

 



por Pedro Chichorro às 20:24
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 7 de Maio de 2008
Os famosos coelhinhos Tuzki

 

Há muito tempo que não menciono aqui um daqueles fenómenos internéticos que fazem as delícias de miúdos e graúdos. Este é um deles, está à nossa frente há bastante tempo mas pouco sabemos sobre ele. O que é certo é que o seu sucesso foi imediato principalmente na China, o seu país de origem.



Os coelhinhos Tuzki foram criados no início de 2007 por uma estudante do departamento de animação do Beijing Broadcast Institute chamada Wang Momo. Ela criou este boneco para ilustrar o seu diário porque a sua alcunha entre colegas e amigos era a coelha.

O primeiro Tuzki era muito simples e apenas abanava os braços e a cabeça mas rapidamente Momo criou mais ilustrações e animações baseadas na sua vida real. Actualmente existem 39 animações do Tuzki e graças aos 150 milhões de utilizadores do Tecent QQ e 20 milhões do MSN Messenger só na China, o bonequito tem permitido à jovem estudante ganhar dinheiro.
Actualmente a autora está a criar postais e posters de forma a que o coelho deixe de ser apenas uma personagem das Internetes.

O uso desta personagem nos chats em mensageiros é considerado um fenómeno iniciado pelos utilizadores chineses mais jovens destronando os Yoyo & Cici criados no início de 2006 com fins comerciais pela Chinajoy e o Onion, também ele popular nos MSNs portugueses.

Alguns coelhos, coelhinhos e coelhões aqui.
Um vídeo feito só com Tuzkis aqui.



por Pedro Chichorro às 05:25
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 18 de Março de 2008
Literatura gastronómica

Quando o instalei, uma das coisas que disse ao Stumble para me ir mostrando foi sites de culinária com coisas lindas e saborosas, ideias, cores e imaginação. Eis que de repente e sem a ajuda do dito plugin, dou por mim há horas a ler as receitas deste senhor.

Se vou experimentar alguma não é importante, só ler os textos é um prazer. Despretensiosamente e com muita naturalidade, o João Pedro descreve como quem nos mostra in loco aquilo que prepara para as suas refeições. Podia era ir tirando umas fotos :)

Há pratos que faço sem ter de parar para pensar, como se fizessem parte de mim. Acho que nunca me demorei a ler uma receita de carne guisada, ou de carne de porco frita, ou de arroz de qualquer peixe. Junto o que preciso, acendo o lume e avanço.

 

 




Domingo, 16 de Março de 2008
Correio não solicitado

Toda a gente recebe Spam , são emails de publicidade enviados por empresas ou pessoas a quem nunca demos o nosso endereço.

Isto acontece porque o nosso endereço está mais ou menos exposto e a coisa piora graças aos nossos amigos que nos enviam powerpoints a nós e a mais 4356 pessoas metendo-nos todos no "Para:" ou quando damos o email a um site menos fiável que depois vende a lista de endereços com o nosso lá no meio.

 

 This link kills spam

 

Existem programas pelas Internets que se dedicam a saltar de página em página à procura de endereços de email para enviar spam ou vendê-los a quem o queira fazer. Este botão em cima  linka para um site que os prende num loop infinito de endereços inexistentes gerados aleatoriamente . A base de dados absorve assim uma catrefada de informação inútil e assim torna-se mais difícil chatear-nos, pobres internautas honestos.

Se funciona não sei, mas não me custa dar um pequeno contributo e enfiar o botão aqui no meio do Chichas, salvo seja.

 




por Pedro Chichorro às 16:35
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 14 de Março de 2008
Tugas in cyberspace

Quando há incêndios grandes, desaparece uma menina no Algarve ou organizamos uma cimeira aqui no país; é vulgar mostrarem, na TV, reportagens de outros países a mostrarem-nos. A falarem do acontecimento visto daquele lado. Outras vezes é quando a chata da Mariza vai a um talk show americano. Ficamos todos babados.

Quando isso acontece nas Internets eu fico todo contentito, depois do lusitano trambolhão, temos esta pequena pérola que já todos conheciamos mas que se internacionalizou hoje.

 

 

 PS: Lendo os comentários percebemos que os louros vão todos para os espanhóis :( nem assim nos conseguimos impôr no mundo! Mas o Chichas, embaixador nato, já lá deixou uma pequena nota.

 

 




Terça-feira, 4 de Março de 2008
Captchas

Os Captchas são aquelas letras que muitas vezes temos que escrever depois de conseguirmos identificar quais são. São imagens que servem para assegurar que o site está a ser visitado por um ser humano e não por uma máquina.

O Sr. John M. Willis compilou os 10 piores Captchas que encontrou.

 

 

 



por Pedro Chichorro às 09:45
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008
Mapa social

Por muitos convites que recebamos aos meebos, zeebos, friendsters, facebooks, Sapos spots e o diabo a sete, mantemo-nos fiéis a um e um só site de rede social. No caso portugês calhou  ser o hi5. Nem foi o primeiro a aparecer. Calhou vá-se lá saber porquê. Para além do estouro do Orkut com a inundação brasileira que o matou para o resto do mundo excepto Índia, misteriosos são os caminhos que levaram o Hi5 onde chegou no nosso país. Talvez o facto de agradar mais a países sub-desenvolvidos.

Como sabes que na Índia usam o Orkut, Chichas Ruben? Porque vi este curioso mapa publicado pelo Le Monde:

Clicai na imagem

Há muita informação útil neste mapa, notem como um tal de Cyworld está em 4º lugar nos mais utilizados apesar de ser só usado no seu país natal, a Coreia do Sul. Também não sabia que o Live Journal era Russo nem que os franceses eram tão fechados ou que os espanhóis eram tão desconectados.



por Pedro Chichorro às 17:34
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008
O logótipo do Google

Este artigo parece brincadeira, mas não é. Ruth Kedar mostra alguns protótipos e explica o logótipo do Google. Cada um deles pior que o outro. Parecem brincadeiras de uma criança a brincar com Photoshop.

Apesar de já estarmos habituados, o logótipo do Google é muito mau. Lembro-me do dia em que o vi pela primeira vez e foi preciso descobrir um motor de busca realmente melhor que os que existiam na altura para ignorar semelhante aberração.

As justificações da designer aqui.

 

 



por Pedro Chichorro às 22:26
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
Auto-pirataria

Paulo Coelho, escritor brasileiro famoso mundialmente usa o BitTorrent e outros programas de partilha de ficheiros (Emule, Shareaza...) como forma de promover os seus livros. As editoras não acharam piada à ideia de distribuir digitalmente e gratuitamente os seus livros, então tratou ele mesmo do assunto.

O escritor acredita que, deixando as pessoas trocarem entre elas cópias do seu livro, aumenta as vendas. Numa palestra em Munique (vídeo em baixo) ele conta como disponibilizando a tradução em russo do "O Alquimista" fez o número de vendas subir de 1000 por ano para 100 000.

Em 2001 vendi 10 000 livros e toda a gente achou óptimo. Viemos desde zero, de 1000 para 10 000 e no ano seguinte vendiamos mais de 100 000 [...] achei fantástico dar a oportunidade ao leitor de ler os livros e dar a opção de o comprar ou não. [...] então usei o BitTorrent e pirateei todas as minhas edições. Depois criei um site chamado The Pirate Coelho (Coelho Pirata).


Link: sevenload.com


Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008
Ó Élvio, ó Élvio

Enterradas que estão as gaiatas cagonas , eis que sinto o cheiro de mais um...  fenómeno cibernético. Este é mais pequeno e mole, porque se limita aos portugueses.

Talvez chegue aos PALOPs , mas não me cheira assim tanto.

Élvio Santiago tem 17 anos, é natural de Paredes e interpreta um tema musical de fazer chorar os angariadores de mão de obra infantil mais insensíveis.

Eu vou-te excluir do meu Orkut :

"Eu vou te deletar-te e excluir -te do Orkut , eu vou bloquear-te no éme ésse éne" é a pérola descoberta pelo Portal Pimba e turma do Nuno Markl num programa da Antena 3. Como não conduzo nem frequento engarrafamentos, não conheço o programa, mas tenho Internet e a informação chega cá.

Pelos vistos, Markl tem levado tareia de meia noite dos fãs do Élvio por desrespeitar a qualidade da obra e por não saber o que quer dizer a palavra scrap . Que todos sabemos que é o preplural de crap : cocó. Adiante, Markl leva no pêlo e ri-se. Pelo menos por enquanto. Vamos ver se a história se arrasta ou morre repentinamente como tudo que nasce repentinamente na Internet.

O que levou o Élvio a constar aqui foi mesmo a música. Quem me conhece sabe como aprecio este género de coisas, e esta não precisava de polémica para ser considerada por mim uma obra artística de relevo da nossa era.

Ok, é mentira, os fãs de Élvio são impagáveis e tinham mesmo que aparecer aqui também. Eu quero esta senhora na TV portuguesa!

 

Update: o Portal Pimba responde ao vídeo em cima! Gosto disto... Ou como diria o Álvaro, tenho que arranjar ocupação.

 

 




Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008
Relatividade

Uma vez mais, se na Internet os anos se contam multiplicados por 7, então eu ando nisto há 84 e o meu pai tem pouco mais de 7.

Todo o cuidado é pouco, eles estão a crescer e ainda não conhecem os perigos que se escondem por aí:

Heitor diz: o:k. aGORA VOU VER GAJAS, ATÉ LOGO.
۞ Iran Costa diz: ok chau
۞ Iran Costa diz: cuidado com os virus

De repente toda a realidade muda e por isso digo que tudo é relativo. O que  até hoje era uma esferográfica, de repente pode ser um talher:



por Pedro Chichorro às 16:13
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008
Faca e alguidar

Masoquismo? Muito provavelmente será, mas não se pode estar sempre a ouvir a SIC Notícias a repetir as mesmas coisas, os mesmos anúncios da TVCabo e TMN (perdão, agora é Optimus, confundo tudo) e os mesmos separadores; por isso, virei para a SIC generalista ao Meio Dia e tal. Depois mudaria para o telejornal da RTP1 para apanhar sem dó nem piedade com notícias de futebol. Sim é masoquismo, mas adiante. Dizia eu que estava a ver a Dona Fátima Lopes a falar com o Dr. Moita Flores a propósito de umas pessoas criminosas do Jet7 que eu não conhecia. Até agora.

Moita Flores disse estar perturbado ao perceber que as «gaiatas» que via numas fotografias eram um tal de David Mota, um rapaz que alegadamente subtraiu 125000 euros ao pai biológico e foi para Nova Iorque. Esse David é filho de uma senhora que mandou matar o marido, padrasto de David e empresário de sucesso e cheio de pastel.

O 31 da Armada conseguiu resumir muito bem a história. Fazendo uma simples busca no Google encontrei facilmente este textoque explica tão bem toda a trama.

Levantei-me para fazer não sei o quê e quando voltei ainda tinha o Google aberto. Sei dizer que encontrei um blog do tal David Motta, onde ele escreve com a ajuda de bons amigos. Pedro Caldeira Júnior, diz a imprensa, virou as costas ao David e diz que não precisa dele para amigo «Passei a conhecê-lo melhor e não gostei do que vi. Uma coisa é ir para os copos, outra é o convívio diário»(...)«Nunca fomos namorados ou íntimos. As nossas conversas nunca iam além do trivial e do supérfluo porque com o David é difícil falar de coisas sérias».

Coisas sérias e David Motta é algo que não encaixa. No divertido blog, Motta assina como Amelia e consegue ter uns rasgos de bom humor onde se destacam nomes diversos como Paulo Portas ou Cláudio Ramos. Proponho assim, para desenjoar, que se leia um pouco de literatura chona aqui.

Atenção aos mais sensíveis, incuindo o Dr. Moita Flores, que a linguagem destas pessoas consegue... digamos que sofre de hipo-elevação.




Domingo, 6 de Janeiro de 2008
Post de Domingo

O cracked.com fez um interessante exercício e compilou 25 homens que parecem velhas lésbicas. Não se perde nada em ir lá ver.



por Pedro Chichorro às 15:25
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008
Quénia

Eu sou um tipo preocupado com a actualidade, vejo imensos noticiários e tudo. Mas agora ando com um problema que me está a pôr à beira de degolar alguém, sempre que ouço a palavra Quénia começo a cantar esta música! -.-'



por Pedro Chichorro às 20:50
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007
Scroogled

«E se um dia, a companhia que todos nós gostamos e usamos diariamente, deixasse de ser "boazinha"? Como seria a vida num mundo em que o Google fosse usado da pior forma? É esta a premissa desta curta estória de ficção, escrita por Cory Doctorow(...)»

Traduzido e adaptado para Português AQUI por Carlos Martins.

 

 



por Pedro Chichorro às 17:12
link do post | comente | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 19 de Junho de 2007
O futuro


Imaginado por uma empresa consultora italiana.



por Pedro Chichorro às 11:25
link do post | comente | adicionar aos favoritos







.posts recentes

. Ainda os comentários

. Dica da semana aos blogue...

. I kiss you

. Os famosos coelhinhos Tuz...

. Literatura gastronómica

. Correio não solicitado

. Tugas in cyberspace

. Captchas

. Mapa social

. O logótipo do Google

. Auto-pirataria

. Ó Élvio, ó Élvio

. Relatividade

. Faca e alguidar

. Post de Domingo

. Quénia

. Scroogled

. O futuro





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button