Domingo, 22 de Junho de 2008
Electro-fobia

Chegou o tempo dos choques. Tenho tendência para apanhar choques em todo o lado quando o tempo está seco. Houve um ano que eram seguidos não só nas portas dos carros como até em madeira. Juro que aconteceu, não sei como mas aconteceu.
O meu trauma é tanto que não consigo tocar numa porta de um carro sem ser na parte de plástico ou com a ponta da manga a proteger-me a mão.

Talvez esta fobia tenha nascido quando, há muito tempo, as instalações onde trabalhei tinham os gabinetes divididos por separadores de alumínio que davam choque sempre que lhes tocávamos. A única forma de contrariar isto era andando descalço o que nos deu fama de jovens excêntricos que faziam sites e andavam sempre descalços. Tom Sawyer.
Mas os culpados eram os choques, e nós já estávamos tão habituados que não nos lembrávamos de nos calçar para receber as visitas.
A pessoa que mais sofria não se descalçava e aguentava estoicamente: enquanto que nós íamos direitinhos pelos corredores sem tocar em nada que pudesse dar faísca, o Paulo era invisual e tinha mesmo que usar as mãos para encontrar o caminho até à casa de banho ou tirar um café. Era um ai Jesus o tempo todo.
Pronto, voltou o tempo dos choques.

 



por Pedro Chichorro às 17:09
link do post | comente | adicionar aos favoritos

4 comentários:
De Joao B. a 23 de Junho de 2008 às 09:57
ja me aconteceu a um temp atras.. andei durante 1 ou 2 meses a dar choque em todo o lado.. até se ouvia o estalo do choque !!
Eu vim a descobrir que isso se deve ao stress/nervossismo, e mesmo ao pensar-mos:" - Vai dar choque.." e acaba por dar mesmo! .. hehe

Isso acontece-me um monte de vezes!


De Navegante a 27 de Junho de 2008 às 19:24
Apesar de todos os choques , inclusive os psicóticos , acho que tenho muitas saudades desse tempo.
E está na altura de fazermos um meeting de resistentes não? :)


De Pedro Chichorro a 28 de Junho de 2008 às 07:16
logo que nao seja eu a organizar gente tão desflorada.... claro que temosque nos rever


De Pedro Chichorro a 28 de Junho de 2008 às 07:17
nao era desflorada que eu queria dizer.. mas percebeste


Comentar post






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button