Quarta-feira, 9 de Abril de 2008
Pequena história de amor

Recebi, na caixa de correio, um daqueles caderninhos simpáticos que em cada folha destacável oferecem promoções de hambúrgueres . Nunca os usei, até ao último sábado, dia de sol e fantasia.

Pechincheiro de corpo e alma, comprei umas All-Star falsas por 10 euros e dirigi-me a uma multi-nacional de comida americana na Praça da Liberdade... Uma especialidade.

Enquanto esfregava as beiças em alface e maionese observei um casal de velhinhos que se sentou mesmo à minha frente.
O senhor desembrulhou o hambúrguer e cuidadosamente partiu-o em duas metades. Pousou uma delas em frente à velhinha.
Tirou todas as batatas do pacote de cartão e dividiu-as em dois montinhos idênticos e entregou um deles à senhora.
Bebeu um pouco da bebida e entregou-a à mulher que, de vez em quando ia bebendo pequenas porções alternando com o marido.

À medida que o senhor começava lentamente a comer a sua metade do hambúrguer , notei que todos os clientes observavam este casal. Era fácil perceber que as pessoas se comoviam com os pobres senhores que não deviam ter dinheiro para uma refeição.
Quando o velhinho começou a comer a sua porção de batatas levantei-me e o mais discretamente possível ofereci-me para lhes pagar outro menu. O senhor disse que estavam bem assim e que desde sempre partilharam tudo entre eles.

A senhora não tocou nem no seu meio hambúrguer nem nas batatas, apenas dava uns pequenos goles na bebida e observava o marido a comer. Uma vez mais aproximei-me deles e insisti pagar-lhes pelo menos outro hambúrguer, ao que o senhor respondeu outra vez que agradecia muito mas que estavam habituados a partilhar tudo.

O velho senhor acabou de comer toda a sua metade e limpou-se delicadamente com um guardanapo. Intrigado aproximei-me uma última vez e dirigi-me à velhinha que não tinha tocado na comida.

- Partilham tudo mas a senhora não comeu nada! Está à espera de quê?
- Dos meus dentes


 

 



por Pedro Chichorro às 03:44
link do post | comente | adicionar aos favoritos






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button