Segunda-feira, 13 de Maio de 2013
Janela para o mundo

Olá, tudo bem? ddtc?


Quando eu era pequenino via televisão. Havia muita coisa que me confundia ali mas há uma que é uma vergonha.
Quando havia alguma peça jornalística em que por algum motivo filmavam uma televisão, em casa de uma família ou num café qualquer onde fossem entrevistar quem estava a ver a bola, essa televisão estava sempre com péssima imagem.
Ficava muito admirado como só lá em casa, em casa de familiares, amigos e cafés onde eu ia; os aparelhos tinham boa imagem sem aquelas listas sempre a piscar ali em cima. Aquela gente sofre imenso, vão dar cabo dos olhos, pensava o "eu" do passado.
Hoje navego na internet deitado no sofá mas sempre com um pé no chão, para manter a estabilidade e evitar que, daqui a uns 30 anos, venha para aqui confessar alguma vergonha deste género.
Isto tudo para vos voltar a alertar que não devem acreditar em tudo que vêem através de janelas. Livros inclusivé.

Até amanhã. 



por Pedro Chichorro às 17:26
link do post | comente | adicionar aos favoritos






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button