Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011
Sem querer aventurei-me nos doces

Fui cozer castanhas. umas gordas e boas que comprei há dias. Fiz um corte a toda a volta de cada uma delas para sair a casca dura e cozi-as com sal por 35 minutos.
Tirei-lhes a pele e desfizeram-se todas. Achei que podia fazer algo com elas que cheiravam muito bem. Pesei as ditas e deu 150 gramas. Peguei no resto de açúcar que tinha no saco e pesava 100 gramas. Serve. Deixei ferver o açúcar coberto de água até começar as deitar umas bolhas mais pastosas. Enquanto isto acontecia esmaguei toscamente as castanhas. Não ficaram bem emagadas pelo que virei o esfarelado para cima da calda de açúcar e dei-lhes com a varinha mágica. Ficou uma pasta castanha. Deixei ferver um pouco enquanto mexia.
Desliguei o lume, fui lavar alguma louça e tirar os peitos de frango do congelador para o frigorifico. Vi os ovos.
Peguei em dois ovos e separei as gemas, deixei que a calda de castanha arrefecesse um pouco mais e misturei tudo. Voltei a acender o lume apenas para dar uma fervidela e despejei para uma taça.
Delicioso. 



por Pedro Chichorro às 02:00
link do post | comente | adicionar aos favoritos






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button