Quarta-feira, 29 de Junho de 2011
Dia de cão

 

 

 

Olá. Hoje voltei a sair à rua, durante o dia e sem ser para trabalhar. Fui mesmo à rua e estive um bocado nessa realidade com sol e assim.

 

Primeiro programei bem a minha saída, passei na tabacaria e comprei tabaco de enrolar e mortalhas. Tenho imensos filtros e nao preciso.
Depois fui ao café e pedi um café. Não repeti a palavra, parecem a mesma coisa mas são palavras homofóbicas. 
No talho comprei meio frango do campo para a minha canja, uma carninha para estufar e reparei na prateleira cheia de frascos de molho de francesinha.
Aqueles molhos são bons? Perguntei antes de pedir um. Para não parecer demasiado ansioso e não dar aspecto de pessoa que costuma comprar molho de francesinha em frascos. Por acaso nunca tinha comprado.

- É bom sim, é feito pelos empregados. Este é um bocadinho mais barato, é concorrência e também é feito pelos empregados. Mas eles chatearam-se uns com os outros e criaram esta outra marca.  Também é boa.

Os empregados criaram uma marca de molho de francesinhas e chatearam-se? Comprei a marca mais cara, mas depois tenho que provar a outra para perceber o motivo da discussão. Terá sido o picante? Preciso de saber o que divide os empregados que fazem molho de francesinha. Se calhar são iguais e chatearam-se porque não se decidiam sobre quem lavava a louça depois. Ou um deles despejava sempre metade do molho para fora quando estava a engarrafar.
Olhem, não sei.

Depois passei na farmácia e comprei uma caixa de Vitaminex. É igual ao Centrum mas custa quase metade e custa o dobro a engolir.
São comprimidos cinzentos, feios e sabem mal. Mas fazem o mesmo efeito dos outros.

 



por Pedro Chichorro às 17:18
link do post | comente | adicionar aos favoritos

2 comentários:
De The Observer a 29 de Junho de 2011 às 18:40
Os meandros da tua mente...

Então compras o molho de francesinha mais caro mas quando vais à farmácia optas pela droga mais barata?!
Porquê a óbvia inversão de prioridades? :P


De Pedro Chichorro a 29 de Junho de 2011 às 18:53
o molho era pouco mais caro, a droga era quase metade. Enfim, eu troco-me muitas vezes. No outro dia tropecei em mim próprio. A sério.


Comentar post






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button