Terça-feira, 7 de Junho de 2011
A maçã-vampiro

A mesma pessoa que guardou o pacote de Tang no frigorífico também guardou uma maçã lá. Só que esta maçã ficou um mês e meio na prateleira da porta, ao lado dos ovos e dos pacotinhos de ketchup do McDonald's. Antes disso ainda esteve em cima da mesa da sala uns dias e não sei quantos viveu  na mercearia da dona Graça.
Até hoje.

Estava impecável, a pele ligeiramente enrugada mas apenas nalgumas zonas muito discretas. Estava pesada, firme e... cheirava bem.
Deitei-a para o lixo. Espero não ter pesadelos.



por Pedro Chichorro às 01:06
link do post | comente | adicionar aos favoritos

1 comentário:
De vinteeseiseunstrocos a 22 de Outubro de 2011 às 16:36
plásticas...


Comentar post






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button