Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009
Tristeza de quatro patas

 


Em cima, um cão útil e digno.
Em baixo, Figo. Um parasita abandonado, inútil e sem missão na sociedade.

Não quero dizer que não se usem cães para guiar pessoas cegas. Não sei se algum invisual está a ler isto e se estiver não quero que se sinta mal com o que vou dizer. Imagino que as histórias que têm com o companheiro cão e exemplos de amor e amizade serão suficientes para me contrariar. Mas impressiono-me sempre que vejo um cego com o seu cão. Até à data não vi nenhum bicho que não parecesse ter sobre si toneladas de tristeza, desde a expressão do olhar aos movimentos, são das criaturas mais tristes que alguma vez vi.
Dizem que os cães são felizes a fazer aquilo para que foram treinados. Que para eles é como se estivessem a brincar seguindo aquelas regras,  o que é fácil entender quando vemos os cães de caça, os pastores, ou os que procuram pessoas em escombros; mas se os cães-guia gostam da sua condição, então disfarçam bem.
Nunca os vi sem ser em trabalho, serão eles, em casa, mais sorridentes? Ou fazem aquele número apenas em público para dar mais dramatismo à situação? Em casa têm alguma luz de noite para encontrarem a água ou a comida? Têm algum brinquedo para roer? Ou a existência deles resume-se ao que vemos?
Isto deve ser deformação minha que tenho um rafeiro inútil que passa o tempo aos saltos e a correr. Acabou de saír daqui disparado para a cozinha não se sabe porquê.

 



por Pedro Chichorro às 22:09
link do post | comente | adicionar aos favoritos

4 comentários:
De Nelito Carrapito a 19 de Janeiro de 2009 às 11:00
Os labradores têm um ar triste natural. É mesmo deles. Eu sei, tenho uma!


De Pedro Chichorro a 20 de Janeiro de 2009 às 03:01
tu deves fazer judiarias ao bicho!


De Inês a 19 de Janeiro de 2009 às 18:37
E muito bem está o Figuinho... É que também dizem que os cães ficam parecidos com os donos. Que os imitam...
Vê lá o que andas a fazer à frente do bicho, para ele fazer essas figuras.


De Pedro Chichorro a 19 de Janeiro de 2009 às 21:12
estava a recitar Camões...
se conhecesses o Figo saberias que so podia estar a comer algo


Comentar post






.posts recentes

. Ainda alguém lê isto?

. Dicas de poupança - No de...

. Mensagem do futuro

. Bolores engenheiros

. Conversa no Taxi

. Juliette

. Escalada

. Despertador novo, vida no...

. Karma Police israelita

. Janela para o mundo

. Moda Lisboa - Sugestão de...

. Poema de um coronel sensí...

. La Planète sauvage

. A ceguinha

. Regra de ouro do consumis...

. Welcome

. Fátima Lopes

. Um desafio, um ovo e uma ...

. Tem ovo

. Thin Lizzy vs. The Pixies

. Nino Guitar

. Festa inexplicável

. Pequenos gnomos

. Sem querer aventurei-me n...

. Comércio tradicional

. Orgulhos lusitanos

. A quem interessar: encont...

. Números de telefone fácei...

. Gosta de alho? Eu adoro a...

. Vítor Gaspar





Add to Google Reader or Homepage



AddThis Feed Button
AddThis Social Bookmark Button